Blog

Página inicial » Blog » APRESENTANDO MEUS MESTRES

APRESENTANDO MEUS MESTRES

Pela primeira vez, a Congregação Universal da Luz, um grupo de Espíritos em missão de trazer certas técnicas de cura e evolução para a Terra, pede para ser apresentada e começa uma série de ensinamentos que serão canalizados a partir de 2012.

Apresentando a Congregação Universal da Luz, egrégora espiritual a quem sirvo como porta-voz.

(Recebido em 01.01.2012)

“Bênçãos, nossa irmã, neste primeiro dia do que vocês na Terra consideram um novo ciclo.

Voltamos em maior número a este planeta na década de 30, já sabedores do risco enorme de destruição que viria pela frente, especialmente com a 2ª Guerra, onde nascia a semente da aniquilação em massa representada pelas armas nucleares. Lá vocês tiveram uma noção de como sua incomensurável criatividade poderia ser responsável por um ciclo de total destruição da Raça Humana. A questão que preocupou vários grupos que pertencem às Esferas Superiores de Luz foi que, desta vez, vocês haviam criado tecnologia suficiente não só para aniquilar a colônia humana na Terra, mas o próprio planeta.  Vocês têm investigado e sabem que um planeta com tal complexidade de vida é difícil de ser encontrado, são raros no Universo planetas como a sua Terra. Por isso interferimos – centenas e centenas de Seres vindos dos mais diferentes cantos do Universo para ajudá-los a dar um salto evolutivo importante. Os Grupos Espirituais que aqui estão são de Egrégoras que foram responsáveis pela colonização da Terra e que, ao longo das Eras, foram chamados de Deusas, Deuses e Avatares. Eu sei que para muitos de vocês parece estranha a ideia de que, como raça, já tenham habitado este planeta em ciclos de crescimento e destruição. Por isso quando encontram traços – como monumentos, por exemplo, que só poderiam ser feitos ou suas partes transportadas com guindastes ou maquinaria, não entendem como civilizações “atrasadas” poderiam tê-los feito. Pois dizemos: foram civilizações como a de vocês, cuja tecnologia e os traços desta foram diluídos pela ação do tempo. Pensem um pouco: se hoje toda a raça humana perecesse e se passassem um, dois, três ou mais bilhões de anos, o que restaria de traços materiais de sua civilização? É o que tem acontecido. A cada extermínio, planejamos novas colônias, com estas janelas de tempo – bilhões de anos. A cada ciclo, novos aprendizados para vocês e para nós.

Muitos de nós têm encarnado sucessivamente em seu planeta. Vêm em Missão, na difícil tarefa de viver num mundo denso, tendo como veículo um corpo físico que precisa ser alimentado, protegido e que para isso demanda o atendimento de muitas necessidades. Como numa selva, muitos dos nossos (muitos!) se perderam de sua Semente Original, pois muitos são os riscos quando nos apartamos de nossa Essência.

Porém, temos grandes esperanças com esta Nona Colonização. Os avanços evolutivos alcançados são maiores do que qualquer tentativa anterior. Nunca tantos de nós encarnaram na Terra, pois a vibração de amor, responsabilidade e compaixão que cresce cada dia mais assim o possibilita.

Novas tecnologias permitem que estes valores se expandam rapidamente. Há uma “Rede do Bem” conectando de coração a coração muitas pessoas de diferentes nações, raças e credos. Com a diminuição do senso de separação e o crescimento do número de pessoas que vêem a Terra como uma comunidade planetária, com os últimos avanços na ciência que provam a interdepedência dos seres de todos os reinos, nossa presença é possível em grande número.

Ainda não chegamos ao ponto da Grande Transformação, que já aconteceu em civilizações como a nossa, há ainda muitos perigos, muita discórdia e a presença ainda muito forte da Egrégora Sombria, cujo interesse é mantê-los escravos na produção de ódio, separação e violência, fornecendo a eles a energia necessária a seus propósitos, já que são seres cheios de soberba que lutam porque não aceitam nenhuma hierarquia, mesmo que esta hierarquia exista manifestada em sentimentos de paz e de valoração de cada ser. Porque não interessa de que tamanho é a colaboração de cada um, ela é sempre imprescindível. Estes seres igualmente estão presos na ilusão da separação, pois de fato não existe Bem e Mal e sim Ação e Reação, uma lei imutável e desafiante, que nunca permite que nos sintamos vítimas, pois somos agricultores colhendo exatamente o que plantamos, estejamos conscientes disso ou não.

Somos a Congregação Universal da Luz. Somos especialmente dedicados às artes de cura e restauração. Falando de um ponto de vista terreno, somos uma equipe de cuidadores, curadores e filósofos, e nosso trabalho têm sido trazer estas artes de cura para a Terra. Essa que escreve já trouxe dezenas dessas artes em suas sucessivas vidas neste planeta. Nesta vida deixará três técnicas e um instituto que as congregará. Duas delas já estão na Terra – os Florais da Deusa e a Cura Sistêmica, que trazem a marca do Divino Feminino, umas das Fontes que servimos.  Queremos que fique claro que todas estas técnicas são uma co-criação dela conosco, pois há tempos ela deixou o nível de Receptáculo e é hoje tão criadora quanto qualquer um de nós, membros da Congregação Universal da Luz. O reconhecimento deste ponto é importante – não há mais como delimitar a fronteira de nossos talentos e dos dela, pois é ela que com sua organização e meios materiais os manifesta na Terra. Portanto, estamos todos aprendendo, nós e nossa Porta-voz. Falamos isso para que não projetem uma perfeição que vocês costumam atribuir a tudo o que vem do Espiritual Superior. Perfeito e imperfeito são apenas conceitos.

É claro que nossa Porta-voz respeita a hierarquia e está sujeita a ela como qualquer outro membro de nossa Equipe. Assim É.

Chegou a hora em que ela começará a falar publicamente em nosso nome, trazendo nossos ensinamentos através desta rede democrática, através de suas publicações sempre que sentirmos necessidade. Ela tem seus próprios ensinamentos, resultado de sua própria evolução, por isso o que for publicado em nosso nome sempre virá identificado. É importante que seja compreendido que ela é hoje uma Professora Espiritual independente, não estando ligada a nenhuma religião ou filosofia. Tem coisas que fará em nosso nome e outras que fará em seu próprio nome e é assim porque assim desejamos que seja feito.

Seus ensinamentos vêm da matriz espiritual da qual descende e começou a acessá-los especialmente durante as canalizações dos Florais da Deusa. Ainda luta para estar alinhada com esta matriz energética, pois como já dissemos, muitos são os riscos e desafios da matéria, onde é muito fácil perder-se da própria Matriz.

Nas próximas comunicações começaremos a passar os ensinamentos deste período.

Nos despedimos por hoje, em gratidão.

Lokah Samastah Sukhino Bhavanthu. Que todos os seres sejam felizes e livres do sofrimento!”

Leiáh e Thozán – Mentores – Congregação Universal da Luz.

Sol

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Comentários

  1. eliane disse:

    Querida Cler,

    Quanta surpresa “ouvir” seus mentores!!! Que emoção!!

    Ao longo de tantos anos de acompanhamento que fazem parte de nossa história juntas, e recebendo os inúmeros benefícios de seu trabalho, só posso te dizer que sempre senti, de verdade, presenças que estavam lá com você, nos momentos das indescritíveis descobertas que puderam acontecer e que mudaram radicalmente – para melhor – a minha vida.
    Foi a minha escolha, com as bençãos de vocês.

    Você sabia, eles sabiam e agora eu também sei aquilo que eu só sentia!
    Por esta linda confirmação, minha imensa gratidão a você – lampião que tem sido na escuridão dos meus novos caminhos e existências – e, se for possível ser “ouvida”, minha imensa gratidão a Leiáh e Thozán, espíritos plenos de luz.

    Vocês, que de mim e dos meus têm cuidado, com esse amor amparador e sereno, nos permitem corajosamente evoluir e estar cada vez mais puros para existir dentro das nossas essências.
    Porque, definitivamente, é só isso o que me importa nesta vida!

    Minha querida terapeuta abençoada, você merece tanto tudo isso!
    Aquele abraço conhecido e quase fugaz, mas que tudo transmite!

    Eliane

  2. Maria Lúcia Ambrosio disse:

    Estou lendo sobre este caminho pela primeira vez. Fiquei profundamente tocada com o espírito das palavras do texto acima. O amor incondicional contido no trecho ” Que todos os seres sejam felizes e livres do sofrimento é o ideal que move a minha vida e a única razão do meu viver. Sigo um caminho que endossa o ideal destas palavras, mas, se defronta constantemente com os desafios apresentados neste mundo, e com isso a essência se perde. Quero conhecer mais a respeito desses florais . Muito agradecida! Namastê!!

    1. Cler Barbiero disse:

      Grata pelo contato, Maria Lúcia! Se você quer conhecer mais sobre os Florais da Deusa, visite nosso site: http://www.floraisdadeusa.com.br.
      Desejo que seu Caminho seja pleno, fluído e abençoado. Um abraço!

Cler Blog

Grama

A REVOLUÇÃO DO POSSÍVEL.

Pequenas mudanças, grandes revoluções.

INCÔMODO X PULSO EVOLUTIVO.

A importância de manter um certo nível de incômodo nos processos de mudança e evolução, mas sem tanto sofrimento e - mais do que tudo - sem desistir!
Father Watching His Infant Sleep

HOMENS.

Quero hoje bater palmas a todos estes homens de BOM CORAÇÃO que caminham sobre a Terra, trabalhando por esta mudança de paradigma tão importante – a que coloca homens e mulheres como parceiros evolutivos e não seres de diferente status na sociedade.
Josep M Rovirosa

O CORPO SÁBIO.

Quando a nossa biologia manda convites para curas profundas.